Política

Bolsonaro diz a evangélicos que tem aprendido a se aproximar das mulheres

Eduardo Gayer (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Pressionado pela campanha à reeleição a melhorar a interlocução com as mulheres, segmento do eleitorado em que enfrenta grande rejeição, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta noite a evangélicos que tem aprendido a se aproximar mais das mulheres.

continua após publicidade

"Não é fácil administrar um país. Tenho aprendido muito nos últimos quatro anos. Inclusive ceder em algum momento, me aproximar mais das mulheres. São a nossa âncora. Nenhum de nós pode ser feliz sem uma mulher ao nosso lado", declarou o presidente em evento da Assembleia de Deus em Imperatriz, município do Maranhão.

Em um discurso longo em defesa de valores conservadores, Bolsonaro repetiu que família é homem, mulher e prole, o que desconsidera outros arranjos familiares reconhecidos em lei, e voltou a destacar a nomeação de um "terrivelmente evangélico" para o Supremo Tribunal Federal (STF) - no caso, o ministro André Mendonça.

continua após publicidade

"Indicamos e temos um pastor, que também é ser humano, pode errar. Mas tenham certeza, as pautas conservadoras estarão com ele. O ativismo judicial, acredito, não será aprovado porque este pastor tem poder de pedir vistas a processos. É um freio que colocamos lá dentro", disse o presidente sobre o magistrado.