Política

BA: após decisão do STJ, prefeita lamenta cancelamento de show de Gusttavo Lima

Jayanne Rodrigues (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Em nota divulgada nas redes sociais, a prefeita de Teolândia (BA), Rosa Baitinga (PP), lamentou o cancelamento da 16ª edição da Festa da Banana, com festejos entre 4 e 13 de junho - evento que incluía a participação do cantor Gusttavo Lima. "A prefeita ressalta que lutou com todas as forças para a realização da festa", escreveu. A decisão de cancelamento foi emitida horas antes do show pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, neste domingo, 5.

continua após publicidade

Antes de se pronunciar no Instagram, a prefeita anunciou o cancelamento no palco da festa, sob o olhar do público que já lotava o local. "Quero dizer aqui a vocês que não seria esse o meu discurso hoje. Não seria essa a vontade que eu tinha de falar com vocês, mas a gente não pode ir contra a decisão da Justiça", declarou. Na ocasião, ela estava acompanhada de autoridades locais.

Em seu parecer, o ministro Humberto Martins argumentou que, mesmo levando em consideração a importância da cultura no País, o custo do evento ainda era exorbitante. "Não há, de fato, proporcionalidade entre a condição financeira do município, suas prioridades em termos de serviços públicos e o gasto despendido com o evento", justificou.

continua após publicidade

A participação do sertanejo custaria aos cofres públicos do município R$ 704 mil, conforme revelou o Estadão. A gestora municipal relatou ter sido "surpreendida" com a determinação do ministro, já que no sábado, 4, o juiz plantonista do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Alberto Raimundo dos Santos, derrubou a ordem da juíza Luana Martinez Geraci Paladino, lançada na sexta-feira, 3, que havia proibido a realização da festa.

Sobre a autorização do magistrado, a prefeita ressaltou no pronunciamento que "não poupou esforços" e conseguiu "em tempo recorde" a liberação. Ela prosseguiu esclarecendo que, apesar de discordar, "a administração sempre respeitou as decisões judiciárias". Na sequência, ela afirmou não ter outra alternativa, "senão acatar a decisão judicial e suspender o evento".

Na publicação de Baitinga, com recurso de comentários limitados, pessoas elogiaram a conduta da prefeita. "Eu penso em você, minha prefeita, que tinha um sonho, mas que não era seu... Era para uma comunidade. Aqui não temos pão e circo, temos respeito e trabalho. Gusttavo Lima movimentou a economia da nossa cidade, iria trazer mais do que levar", escreveu uma seguidora.

continua após publicidade

Reviravolta

Durante a tarde deste domingo, Gusttavo Lima divulgou em seu Instagram uma imagem confirmando a participação no evento da cidade. No perfil da prefeita, ela postou um vídeo exibindo a montagem do palco.

A página oficial da Festa da Banana chegou a compartilhar stories - recurso com 24 horas de duração - debochando sobre a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia. "Hoje tá mais fácil o mundo acabar do que Gusttavo Lima não se apresentar". No entanto, horas depois, o post foi removido.

continua após publicidade

Apesar da euforia, as publicações seguintes já noticiavam a suspensão do evento. "Com muita tristeza, comunicamos o cancelamento da festa de hoje".

Registros que circulam na internet mostram uma multidão cantando músicas do sertanejo após o anúncio não favorável em relação a viabilidade do show. Enquanto isso, em outros vídeos, é possível notar o ônibus do cantor deixando a cidade baiana.

Estragos das chuvas

Além de Lima, a grade da festa contaria com outras 27 atrações, de acordo com a programação. Teolândia, cidade com cerca de 15 mil habitantes, foi devastada no começo do ano após temporais que atingiram o sul da Bahia. O gasto total do evento seria de aproximadamente R$ 1,2 milhão, somente de cachês de artistas. Valor que ultrapassa os recursos encaminhados para o município para enfrentar os danos causados pela chuva, como foi noticiado anteriormente pelo Estadão.