MAIS LIDAS
VER TODOS

Política

Após jantar com senadores, ministro diz ter 'votos suficientes'

O ministro da Justiça, Flávio Dino, intensificou as articulações para ter sua indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF) aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e no plenário do Senado. Com apenas dois dias de "campanha" após a indicação pel

Weslley Galzo (via Agência Estado)

·
Escrito por Weslley Galzo (via Agência Estado)
Publicado em 30.11.2023, 08:46:00 Editado em 30.11.2023, 08:51:01
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O ministro da Justiça, Flávio Dino, intensificou as articulações para ter sua indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF) aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e no plenário do Senado. Com apenas dois dias de "campanha" após a indicação pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ele diz já ter o apoio "suficiente" para vestir a toga de ministro da Suprema Corte. O primeiro passo de Dino para a aprovação no Senado foi ainda na segunda-feira. Logo após o presidente Lula anunciar que seria ele o indicado a suceder a ex-ministra Rosa Weber no STF, Dino se reuniu no Ministério da Justiça com o presidente da CCJ no Senado, senador Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), para discutir o trâmite da votação, que foi marcada para 13 de dezembro. Com pouco mais de duas semanas para pedir apoios, Dino participou, anteontem, de jantar com os líderes de partidos da base aliada do governo no Senado. O encontro foi realizado na casa do senador Randolfe Rodrigues (Sem partido-AP) e contou com a presença de ao menos nove senadores. Após a reunião, o relator afirmou que Dino deve ter ao menos 17 votos favoráveis na CCJ e 53 no plenário. As informações são do jornal

continua após publicidade
O Estado de S. Paulo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Política

    Deixe seu comentário sobre: "Após jantar com senadores, ministro diz ter 'votos suficientes'"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!