Política

Alvaro Dias diz que Moro seria bem-vindo de volta ao Podemos

Da Redação ·

O senador Alvaro Dias (Podemos) afirmou ao portal Congresso em Foco que o ex-juiz Sérgio Moro (União Brasil) seria bem-vindo de volta ao partido. Segundo o parlamentar, o retorno faria "valorizar" a legenda, que até a última semana tinha o ex-ministro como seu pré-candidato à Presidência. "Eu não teria dificuldade em recebê-lo, e imagino que o partido também não", disse ao site.

continua após publicidade

Moro deixou o Podemos na última quinta-feira, 31, para se filiar ao União Brasil. A justificativa para a migração foi a falta de estrutura que sua campanha enfrentaria na agremiação de Alvaro Dias. Sua nova legenda, uma fusão entre PSL e DEM, é uma das maiores bancadas da Câmara. De acordo com Dias, Moro tem grande importância e força eleitoral graças à sua atuação na Operação Lava Jato, que teria "mudado o País", segundo ele.

O senador afirmou que o ex-juiz já havia sinalizado que poderia fazer a troca. "Desde o ano passado já havia entendimento com o União Brasil da parte dele. Ele percebeu que o enfrentamento (estando no Podemos) seria desproporcional", afirmou o senador, acrescentando que acredita que a saída de Moro não mudou a visão de seu partido sobre ele.

continua após publicidade

Contudo, a presidente da legenda, Renata Abreu, divulgou nota demonstrando ressentimento com Moro após sua saída. No texto, ela afirma que o Podemos "jamais mediu esforços" para viabilizar a pré-campanha e que soube da filiação ao União Brasil pela imprensa.