Política

Aliado de Ciro apresenta PL que obriga presidenciáveis a participar de debates

Redação (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O deputado federal David Miranda (PDT-RJ) protocolou um projeto de lei (PL) para obrigar que candidatos à Presidência e aos governos estaduais participem de ao menos três debates promovidos pela imprensa durante a campanha eleitoral.

continua após publicidade

A proposta de Miranda implica que a obrigatoriedade incida somente sobre candidatos com mais de 3% das intenções de voto em pesquisas registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Como punição pelo descumprimento, o projeto sugere multa de R$ 50 mil a R$ 150 mil e interdição dos recursos do fundo partidário por um ano.

Mas como as regras para a eleição deste ano já estão definidas no código eleitoral e em resoluções do TSE, o projeto, se aprovado, só teria efeito no pleito de 2026.

continua após publicidade

Em 2018, o então candidato à Presidência Jair Bolsonaro alegou que sua ausência nos debates foi motivada pela facada recebida em setembro daquele ano. Depois, admitiu que não iria debater com o candidato do PT, Fernando Haddad, por "estratégia". Naquela campanha, ele participou de apenas dois debates.

Em 2022, ainda é incerto se os dois candidatos que lideram as pesquisas participarão dos debates eleitorais. Bolsonaro disse que pretende ir a todos os eventos do tipo na eleição, mas sua presença não foi confirmada junto aos veículos de comunicação que se preparam para realizar os encontros.

Já a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) avalia que, ao menos na discussão pública, o pré-candidato petista não deve responder às investidas do presidente em alguns temas. O pré-candidato do PDT, Ciro Gomes, por outro lado, já deu declarações que quer debater com os adversários.

continua após publicidade

Em setembro, um pool de empresas jornalísticas formado por Estadão, SBT, revista Veja e rádio NovaBrasil FM vai promover debates para o governo paulista, no dia 17, e para a Presidência da República, no dia 24. Em caso de segundo turno, as datas previstas são 15 de outubro (para o governador) e 24 de outubro (para a Presidência).

Confira todas as datas de debates promovidos pela imprensa

Primeiro turno

continua após publicidade

- 06 de agosto: CNN.

- 09 de agosto: Jovem Pan.

continua após publicidade

- 14 de agosto: Band.

- 02 de setembro: RedeTV.

- 08 de setembro: O Globo, Valor e CBN.

continua após publicidade

- 13 de setembro: TV Aparecida.

- 22 de setembro: Folha de S.Paulo e UOL.

- 24 de setembro: SBT, Estadão, Veja e Rádio NovaBrasil FM.

continua após publicidade

- 29 de setembro: TV Globo.

Segundo turno

- 03 de outubro: CNN.

- 06 de outubro: Band.

- 11 de outubro: Jovem Pan.

- 24 de outubro: SBT, Estadão, Veja e Rádio NovaBrasil FM.

- 28 de outubro: TV Globo.