Política

Ala do partido NOVO 'lança' deputado para 2022

Da Redação ·

Apesar de João Amôedo ter sido anunciado como pré-candidato do partido Novo para a disputa pelo Palácio do Planalto, parte da legenda está em campanha para emplacar o nome do deputado federal Tiago Mitraud (MG). O parlamentar tem o apoio de colegas da bancada federal da legenda, composta por oito deputados, eleitos em 2018. "Acredito que já temos mais de 13 assinaturas", afirmou o colega de Câmara Federal, Gilson Marques (SC). Mitraud precisa da assinatura de pelo menos 21 dirigentes do Novo para ser convidado a se candidatar pelo partido à Presidência da República.

continua após publicidade

Em nota divulgada anteontem, o Novo informou que Amoêdo - um dos fundadores do partido - aceitou o convite feito por 36 dos 40 integrantes da Convenção Nacional para ser pré-candidato à Presidência no ano que vem.

"Todo partido tem divergências internas e o Novo respeita seus filiados", disse o deputado Marcel Van Hattem (RS) que também defende o nome de Mitraud. Para Marcel, inclusive, outros nomes podem surgir até a data limite.

continua após publicidade

O deputado Alexis Fonteyne (SP) acredita que o Novo não precisa necessariamente ter um candidato ao Palácio do Planalto. "Há quem considere que o Novo deva ter um candidato à Presidência, eu penso diferente. O foco do Novo tem que ser o de eleger a maior bancada federal possível e assim influir na política. Focar na Presidência da República é achar que um salvador da pátria resolve o nosso problema", escreveu ele no Twitter. Ao Estadão/Broadcast, no entanto, disse que se for optar entre Amôedo e Mitraud, ele fica com o deputado.

Antes do anúncio do partido, Amoêdo integrou o movimento que tentou formar uma frente unificada de centro contra os extremos na disputa presidencial de 2022.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.