Política

"Ainda bem que a natureza criou o coronavírus", afirmou Lula

Da Redação ·

Em transmissão ao vivo nesta terça-feira (19), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o novo coronavírus tem como impacto positivo o enfraquecimento de teses defendidas por adeptos à agenda do liberalismo econômico, cuja pedra angular consiste em interferências quase nulas do Estado na economia de uma nação. Paulo Guedes, ministro da Economia do governo do presidente Jair Bolsonaro, é alinhado a essa doutrina.

continua após publicidade

Lula chegou a afirmar que "ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus". Nas últimas 24h, o Brasil registrou 1.179 mortes em decorrência da Covid-19, doença causada pelo vírus.

A declaração do ex-presidente ocorreu durante uma iniciativa promovida pela revista "Carta Capital" por meio de videochamada, ainda nos primeiros minutos de transmissão. "Eu, quando eu vejo os discursos dessas pessoas falando... Quando eu vejo essas pessoas acharem que tem que vender tudo que é público e que tudo que é público não presta nada... Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o estado é capaz de dar solução a determinadas crises", afirmou Lula, comparando o momento atual com aquele atravessado em 2008, com a crise financeira global.

Tags relacionadas: #Coronavírus #Lula #polêmica