Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

Carta de apoio a Doria causa revolta entre tucanos na Assembleia de SP

.

THAIS BILENKY

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O líder do PSDB na Assembleia, Roberto Massafera, causou a revolta de tucanos ao declarar nesta terça-feira (27) que a "ampla maioria da bancada deliberou apoio à candidatura ao governo de João Doria". Ele se referia à posição de 7 dos 20 deputados estaduais.

Massafera "apelou aos demais postulantes que abram mão da disputa em prol da unidade". Os pré-candidatos disseram que não vão recuar. "O Acelera atropela a verdade e capota o conceito de maioria", disse o pré-candidato José Aníbal, em alusão ao slogan de Doria, Acelera SP.

"Precisamos abandonar essa ideia de que candidaturas devem ser construídas de cima para baixo", reagiu Luiz Felipe d'Avila, outro postulante. "A maioria deseja encontrar um candidato que realmente represente o legado do PSDB", disse Floriano Pesaro.

No mesmo dia, crítico de Doria, o vereador Mario Covas Neto, filho de Mario Covas, ex-governador e um dos principais nomes do PSDB, marcou seu ato de desfiliação para quinta-feira (1º).

Como pano de fundo, está a tentativa de aliados do prefeito de evitar a realização de prévias. Seu grupo articula um movimento em favor da candidatura estadual de modo a fortalecê-lo e dispensar a eleição interna.

"Em mais de 20 anos de partido, nunca havia visto esforço desse tamanho para que as pessoas não falem o que pensam. É um clima de constrangimento geral, não posso crer no que estou vendo", reclamou o deputado estadual Carlos Bezerra Jr. "O rolo compressor expressa o espírito antidemocrático e autoritário dessa candidatura."

Massafera disse que a "ampla maioria" à qual se referiu foi aferida entre os presentes à reunião em que se discutiu o apoio a Doria. À reportagem, ele disse ter contabilizado o apoio de 11 dos 20 deputados estaduais e que o uso da expressão "ampla maioria" era "uma questão de redação".

Eliminar as prévias, justificou, "é maneira de fortalecer" a candidatura do PSDB. "A discussão é democrática, mas está sendo muito demorada", afirmou o líder.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber