Mais lidas
Política

Na Justiça tem muito mau caráter, diz Lula em missa para Marisa Letícia

.

CATIA SEABRA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, na noite deste sábado (3), durante missa em celebração a um ano de falecimento da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que na Justiça "há muito mau caráter, gente de má-fé".

Ao falar de sua condenação pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Lula afirmou que alguns juízes atuam como "dirigentes partidários".

"Vou recorrer com a mesma tranquilidade que sempre tive apostando na Justiça. Mas com a coragem de dizer que dentro da Justiça tem gente muito boa. Mas tem muita gente mau caráter, de má fé. E essas pessoas não merecem ser juízes", atacou.

Dizendo-se vítima de injustiça e perseguição, Lula chorou copiosamente ao falar de Marisa Letícia, que, segundo ele, "não foi uma mulher que teve um momento de facilidade em sua vida dura".

O ex-presidente afirmou ter certeza que, do céu, ela acompanha o que está acontecendo e dizendo: "não pare. Não se desespere".

O petista reafirmou que não respeita sua condenação e disse que os desembargadores do TRF-4 votaram com ódio contra ele.

"Se votaram com ódio, votaram contra um homem que tem muita paz. E vou matá-los de ódio justamente por não ter ódio", disse Lula, acrescentando: "Vou vencer. É uma questão de tempo."

Dirigentes partidários, parentes e amigos assistiram à missa, celebrada na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo.

Durante a celebração, dom Angélico Sândalo Bernardino afirmou que o Brasil vive "sob um golpe parlamentarista" e desejou saúde a Lula, "porque os tempos são terríveis".

Hoje aos 72 anos, Lula afirmou que a vantagem para quem fica velho é a perda do medo. "Nada para uma pessoa de 70 anos pode causar medo."

Lula disse também que seus advogados sabem de sua vontade de desabafar, mas o detêm. "Essa perseguição que está acontecendo a mim, ao PT, aos movimentos sociais e à esquerda é a razão pela qual luto", afirmou.

A cerimônia consumiu pouco mais de uma hora. Além de petistas, os ex-ministros Aldo Rebelo (PSB) e Orlando Silva (PCdoB) assistiram à homilia. 

O ex-ministro Fernando Haddad leu um trecho bíblico. Ao falar de Marisa Letícia, Lula afirmou que possivelmente ela está em um mundo melhor que estaria aqui, sofrendo perseguição. 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber