Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

Deputados tucanos pedem a Doria que se candidate ao governo de SP

.

GÉSSICA BRANDINO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Doze deputados estaduais do PSDB se reuniram na tarde desta terça-feira (16) com o prefeito João Doria para pedir que o tucano dispute o governo de São Paulo. O presidente da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), deputado Cauê Macris, disse que a sigla deve ter candidato próprio e que Doria é o nome forte do qual precisam.

"Nós viemos aqui fazer um apelo ao prefeito João Doria para que ele possa encampar a candidatura do PSDB ao governo do Estado de São Paulo. No momento que estamos vivendo, de descrença da população na política, precisamos de um nome forte para fazer a defesa de tudo aquilo que foi feito nas seis gestões do PSDB no Estado", afirmou.

Segundo o deputado, o encontro mostra o apoio da ampla maioria da bancada estadual do partido à candidatura de Doria, mesmo em meio ao recesso no legislativo estadual. Macris diz que o movimento sensibilizou o prefeito, que deve discutir a fundo essa posição junto à prefeitura e junto aos membros do PSDB.

O deputado Roberto Massafera contou que Doria pediu um mês para decidir se lança a pré-candidatura ao governo. "O que pesa mais para ele é ver a equipe [da prefeitura] está estruturada para dar continuidade ao trabalho."

Para ambos deputados, o fato de ter que interromper o mandato antes de completar dois anos à frente da prefeitura não é fator impeditivo. "Temos convicção de que tudo que ele tem feito pela prefeitura de São Paulo pode ser levado para o governo", declarou Macris.

No encontro, cada deputado recebeu um resumo de cem páginas com o balanço das ações de Doria no primeiro ano da prefeitura. No final do ano, a Folha mostrou que o tucano tem mais da metade das promessas de campanha travadas.

OUTROS NOMES

Questionado sobre o nome do senador José Serra para a disputa do governo, o presidente da Assembleia afirmou que tem muito respeito pelo legado do tucano, mas que "em ano de Copa de Mundo, precisamos escalar o jogador que temos de melhor. Temos convicção de que o Doria é o Neymar que temos".

Massafera afirma que Doria tem a seu favor o fato de ser novo na política. "O Serra foi um bom prefeito e governador. Sou amigo dele há 40 anos, mas será que a juventude não está querendo algo novo e está cansada de velhos políticos?"

Sobre o apoio ao nome do vice-governador Márcio França (PSB), o deputado diz que a hipótese não foi eliminada, mas que é preciso levar em consideração do partido de França fazer uma aliança com o PT ou mesmo com o MDB. Em entrevista à Folha de S.Paulo, o vice-governador disse que sua candidatura independe do apoio do PSDB.

CAPEZ

O deputado estadual Fernando Capez não participou da agenda no gabinete de Doria. Na segunda-feira (15) o deputado foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso conhecido como "máfia da merenda".

Para Massafera não existem provas para condená-lo no caso. "Capez é um cara rico, famoso no meio jurídico universitário, acha que ele iria se sujar com uma coisa desse tipo?", declarou. Massafera também questionou o fato de o Ministério Público tem apresentado a denúncia "apenas agora", num ano eleitoral.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber