Mais lidas
Política

Cabral vai fazer o Enem para cursar história e diz que torcerá pelo Flamengo

.

ITALO NOGUEIRA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) vai fazer a prova do Enem nos próximos dias 12 e 13 para tentar fazer o curso de história.

Pela lei, a cada três dias de estudo há a redução de um na pena. O peemedebista já acumula 72 anos em três condenações, e é réu em outras 13 ações penais.

Cabral pediu o adiamento de audiências marcadas para a semana que vem ao juiz Marcelo Bretas para fazer a prova.

Em clima descontraído ao fim da audiência da Operação Ratatouille, o peemedebista, vascaíno, se queixou ao magistrado, flamenguista, sobre a derrota do rubro-negro carioca na final da Copa Sul-Americana contra o Independiente.

"Doutor Bretas, o Flamengo não pode perder para o Independiente. Tem que ganhar para o meu Vascão ganhar a vaga direta para a Libertadores", disse ele.

"Se o Flamengo ganhar, a turma lá do lado de Benfica vai fazer barulho e incomodar o senhor", respondeu Bretas, em referência à favela do Arara, vizinha à cadeia pública José Frederico Marques. Detentos têm se queixado dos ruídos de bailes funks da região.

"Eu até gosto", comentou Cabral.

Desde a discussão com Bretas que motivou o pedido de transferência para um presídio federal -revogado pelo ministro Gilmar Mendes, o clima entre réu e juiz tem sido ameno.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber