Mais lidas
Política

Marina critica decisão da Assembleia do Rio de revogar prisão de deputados

.

MARCO RODRIGO ALMEIDA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na abertura de debate promovido pela Fundação Rede Brasil Sustentável em São Paulo, na manhã deste sábado (18), Marina Silva criticou a decisão da Assembleia Legislativa do Rio derevogar a prisão de três deputados.

"O que aconteceu ontem [sexta, 17] no Rio é a demonstração mais evidente do fracasso da política no Brasil", afirmou. "Olhando para o Congresso e para muitas assembleias estaduais, tudo o que não encontramos é a conduta ideal do Estado e dos representantes."

Na tarde de sexta, por 39 votos a 19, os deputados estaduais revogaram a prisão preventiva e o afastamento do mandato do presidente da Casa, Jorge Picciani, e dos deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB.

A Assembleia evocou a Constituição do Estado do Rio de Janeiro, que nesse ponto segue a Carta federal. O artigo 102 do texto estabelece que o plenário da Casa deve ser consultado para confirmar ou revogar a prisão de deputados estaduais.

Os três deputados foram alvos da Operação Cadeia Velha, que investiga o pagamento de cerca de R$ 500 milhões a políticos feitos por donos de empresas de ônibus.

Ao comentar o caso, Marina Silva criticou o fato de muitas autoridades públicas se valerem de seus cargos para sabotar a Justiça e a República.

"Quando os políticos fazem algo para proteger os de cima e a eles próprios, com certeza acabarão atropelados pelos de baixo."

Para Marina, o "autoindulto privilegiado" no Rio configura um nítido caso de abuso de autoridade.

"Isso sim, esse tipo de abuso de autoridade, deveria ser alvo de debate, e não aquele projeto de abuso do Congresso que tenta constranger a Lava Jato e o Ministério Público."

Marina fez a fala de abertura de um debate promovido por seu partido, a Rede, a respeito de gestão pública e economia.

O evento foi organizado pela ex-senadora Heloísa Helena, presidente da Fundação Rede Brasil Sustentável.

A meta é promover uma série de seminários pelos país, a partir dos quais serão debatidos pontos estratégicos para o país.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber