Mais lidas
Política

Boca Aberta está proibido de se aproximar de três vereadores em Londrina

.

Foto: Reprodução/RPC
Foto: Reprodução/RPC

Uma determinação judicial proibiu o ex-vereador de Londrina Émerson Petriv (PR), o Boca Aberta, de se aproximar dos vereadores Mário Takahashi (PV), Jamil Janene (PP) e Rony Alves (PTB), após os três registrarem ameaças e perseguição.

Conforme a decisão, Boca Aberta deve manter distância mínima de 500 metros dos parlamentares. O Ministério Público do Paraná (MP-PR), informou que desde a cassação de Petriv começou a perseguir os vereadores, e o fato passou a ser apurado em um Termo Circunstanciado.

Boa Aberta ainda disse, furante uma entrevista a uma rádio local, que caso encontrasse com os três parlamentares na rua, sem segurança, iria confrontá-los, ainda de acordo com o MP-PR.

Para determinar as medidas, o magistrado considerou que o ex-vereador já indicou disposição para usar qualquer meio para confrontar os vereadores, inclusive mencionando a violência.

O advogado de defesa do ex-vereador, Elias Chagas Neto, disse que a decisão não tem fundamentação idônea e é desproporcional ao estabelecer distância mínima de 500 metros. 

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber