Mais lidas
Política

Esvaziado após votação, Congresso tem ato em protesto contra morte de policiais

.

RANIER BRAGON

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - No dia seguinte à votação que rejeitou a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, o gramado em frente ao Congresso Nacional foi preenchido por centenas de pequenas cruzes de madeira.

O ato é um protesto pela morte de policiais no país, especialmente no Rio de Janeiro, onde 102 PMs haviam sido mortos em 2017 até o início de setembro.

Esvaziado no "day after" da votação que barrou a tramitação da acusação contra Temer, o plenário da Câmara realiza na manhã e início da tarde desta quinta uma sessão para debater o assassinato de policiais no país.

Preside a solenidade o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), um dos principais integrantes da chamada "bancada da bala" no Congresso.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber