Facebook Img Logo
Mais lidas
Política

uíza diz que teve de vencer episódios de machismo durante carreira

.

FREDERICO VASCONCELOS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em 1988, quando tomou posse como juíza do Tribunal de Justiça de São Paulo, Maria Lúcia Pizzotti ouviu de um desembargador uma frase que não esqueceria: "a senhora sorri demais para uma juíza".

No início da carreira, um corregedor-geral do TJ-SP disse que era contra mulheres na magistratura. "Mulheres servem para cuidar da família, procriar e pilotar o fogão".

"Fui vítima, profundamente, de machismo frontal, não disfarçado, hoje chamado de sexismo", diz ela.

"Cansei de ouvir, em discursos de posse, que as mulheres vieram "embelezar" a carreira. "Nenhuma mulher quer ouvir isso. Isso é tosco".

"Acho que o machismo não acabou, mas hoje é velado. Hoje é politicamente incorreto alguém se declarar machista. Até hoje não tivemos uma magistrada em nenhum cargo de cúpula do tribunal".

Ela diz que sua carreira foi "muito dura".

"Eu quase não fui confirmada. Eu fiz denúncias de corrupção, como juíza substituta. Eu fui confirmada pela carreira só por três votos. Sou muito extrovertida. Eu também sou muito transparente. Isso assusta".

Em 1998, a juíza, mãe de quatro filhos, entrou com ação no Juizado Especial de Pequenas Causas contra a Parmalat, porque a empresa havia mantido uma campanha publicitária quando não tinha no estoque os brindes prometidos: mamíferos de pelúcia.

Em 2008, ela denunciou o descumprimento do regimento interno, ao revelar que 39 juízes atuavam como assessores da cúpula do tribunal em funções burocráticas, afastando-os da principal atividade: julgar.

Em 2014, ao tomar posse como desembargadora, disse que "foi muito difícil chegar até aqui, mas consegui, com muita luta".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber