Mais lidas
Política

ATUALIZADA - Sem quorum, Câmara adia leitura de denúncia contra Michel Temer

.

DANIEL CARVALHO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Por falta de deputados nesta segunda-feira (25), a Câmara adiou para esta terça (26) a leitura da segunda denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Michel Temer.

Para que houvesse sessão, era necessário que 51 deputados estivessem presentes no Congresso até as 14h30. No entanto, apenas 23 haviam aparecido -somente nove estavam em plenário.

A tentativa de leitura foi remarcada para as 11h30 desta terça (26).

Sem a leitura, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara não tem condições de dar início à tramitação da denúncia por obstrução de Justiça e participação em organização criminosa, encaminhada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) na quinta-feira passada (21).

O presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), aguarda o procedimento para começar a discutir oficialmente se haverá um fatiamento da denúncia, ou seja, se irá analisar separadamente o caso de Temer e dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria de Governo), outros acusados.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber