Mais lidas
Política

Premiê japonês anuncia dissolução do parlamento e antecipa eleições

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciou nesta segunda-feira (25) que dissolverá a câmara baixa do Parlamento, antecipando assim as eleições parlamentares para 22 de outubro.

Com as novas eleições, o premiê busca maior apoio às reformas econômicas que quer implementar e à sua política de defesa com relação à ameaça dos mísseis e armas nucleares da vizinha Coreia do Norte.

Abe anunciou que renunciará como premiê caso o Partido Liberal Democrata, liderado por ele, não obtenha a maioria, ou pelo menos os 233 assentos de que precisa para manter o poder.

Parlamentares da oposição criticaram a decisão do primeiro-ministro, afirmando que não há motivo para uma dissolução da câmara antes do prazo previsto para expirar o mandato, em dezembro de 2018.

Abe viu sua popularidade cair devido a escândalos de corrupção ligados a ele e a sua mulher. Mas, recentemente, pesquisas de opinião mostraram uma recuperação no apoio dos cidadãos ao seu partido, o que teria motivado a decisão de antecipar as eleições.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber