Mais lidas
Política

Bolsonaro ironiza em rede social orientação sexual de jornalista americano

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) discutiu com o jornalista americano Glenn Greenwald em uma rede social nesta segunda-feira (4) e fez ironias à orientação sexual dele em postagens.

Greenwald havia publicado em seu perfil no Twitter um comentário sobre uma declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre a possível candidatura de Bolsonaro a presidente -o deputado do DEM o classificou como "muito competente" em um evento em São Paulo.

O jornalista criticou o "elogio" de Maia e chamou o deputado do PSC de "cretino fascista".

Bolsonaro publicou então uma mensagem em inglês. "Do you burn the donut?" I don't care! Be happy! Hugs for you! ('Você queima a rosca? Não me importo! Seja feliz! Abraços para você!')"

Mais tarde, acrescentou que o americano "segue o padrão desonesto e vitimista da esquerda".

"Ativista LGBT americano influente me chama de 'cretino fascista' de graça e agora chora pq respondi c/ amor e tolerância. Dissimulado!"

Greenwald disse que o político respondeu "com referência a sexo anal gay, que está sempre em sua mente".

Radicado no Rio, o jornalista se tornou conhecido no Brasil por ter sido coautor das primeiras revelações sobre informações obtidas pelo ex-analista Edward Snowden, da NSA (Agência Nacional de Segurança dos EUA), em 2013.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber