Mais lidas
Política

Lula diz que caravana é para ver como está o país após '1 ano e meio de golpe'

.

FERNANDO CANZIAN, ENVIADO ESPECIAL

MARCOLÂNDIA, PI (FOLHAPRESS) - No dia em que o IBGE anunciou crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) no segundo trimestre e a Bolsa atingiu seu maior patamar em sete anos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse em Marcolândia (PI) que está em caravana pelo Nordeste para ver "o que está acontecendo no país depois de um ano e meio de golpe".

Durante discurso em um parque para geração de energia eólica, Lula atacou a imprensa e as "elites", como tem sido praxe na caravana, e afirmou mais uma vez que o governo Temer vai trazer "retrocessos ao Nordeste".

Durante os dois mandatos do presidente Lula (2003-2010), o Nordeste foi a região que mais cresceu no país, impulsionada por uma série de investimentos produtivos e da Petrobras e por programas sociais como o Bolsa Família.

Na recessão iniciada no governo de sua sucessora, Dilma Rousseff (PT), e que agora vai ficando para trás, segundo o IBGE, o Nordeste é a região que vem se recuperando mais lentamente e onde houve maior queda na renda e aumento do desemprego.

Sem citar explicitamente as acusações de corrupção a que responde, Lula atacou a mídia dizendo que os nordestinos reagem "às mentiras que os jornalistas estão contando" lembrando dos programas sociais criados em seu governo.

"Eles não estão querendo que eu volte porque não sabem governar", disse.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber