Mais lidas
Política

Em evento com militares, Temer diz que garantia da lei e da ordem 'está na moda'

.

MARINA DIAS

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em cerimônia no Palácio do Planalto com a presença de oficiais das Forças Armadas, o presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira (14) que a garantia da lei e da ordem "está muito na moda" no país.

Durante rápido discurso em homenagem aos oficiais generais promovidos, Temer disse que, entre as funções dos militares, está a defesa da pátria, as garantias dos poderes constitucionais e a garantia da lei e da ordem, tema que está "na ordem do dia". O presidente citou como exemplo a operação de segurança no Rio de Janeiro, iniciada no mês passado.

"Tenho certeza de que os senhores [militares promovidos] seguirão exercendo com competência as funções que lhes atribui a Carta Magna, a defesa da pátria, as garantias dos poderes constitucionais e, por iniciativa destes, aliás está muito na moda, a garantia da lei e da ordem", disse Temer.

"Não quero deixar de dirigir uma mensagem aos nossos militares que, recentemente, iniciaram importante missão no Rio de Janeiro, por isso que disse que está na ordem do dia a manutenção da lei e da ordem", completou o presidente.

No fim do mês passado, o governo autorizou o uso de Forças Armadas no Rio até o fim do ano. Segundo Temer, para muitos brasileiros as Forças Armadas são "a presença visível da força do Estado".

HAITI

No seu discurso de pouco mais de sete minutos, o presidente se confundiu sobre a data da saída das tropas brasileiras que estão em missão no Haiti desde 2004.

"Em breve, nossas tropas deixarão o Haiti com sentimento de dever cumprido. Ou já deixaram?", questionou para, em seguida, completar: "Ah, vão deixar em 31 de agosto".

Oficialmente, a missão haitiana liderada pelo Brasil acaba em 15 de outubro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber