Mais lidas
Política

Juiz da Lava Jato concede prisão domiciliar para Samir Assad

.

SÓ PODE SER PUBLICADO COM ASSINATURA

MÔNICA BERGAMO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O juiz Marcelo Bretas, responsável pela Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, concedeu o benefício de prisão domiciliar para o empresário Samir Assad, irmão do doleiro Adir Assad.

O pedido de substituição da prisão preventiva por recolhimento domiciliar foi deferido no fim da tarde desta quinta (10).

Samir tem 67 anos e estava preso em Benfica, presídio do Rio de Janeiro, há um ano.

Recentemente ele caiu no presídio e machucou o joelho –e existe a necessidade de fazer uma cirurgia. Adir segue preso na custódia da Polícia Federal, em Curitiba.

"Foi uma grande vitória", diz Pedro de Andrade, advogado de Samir.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber