Mais lidas
Política

Em visita a Salvador, João Doria é alvo de ovadas

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) foi recebido com uma "chuva de ovos" na noite desta segunda (7), em Salvador, em um protesto organizado por movimentos de esquerda. Ele viajou à Bahia para receber título de cidadão soteropolitano.

Antes do evento, o tucano se reuniu com o prefeito ACM Neto (DEM) na Prefeitura de Salvador. Depois, atravessaram a rua até a Câmara de Vereadores, localizada no centro histórico da capital, quando foram alvos do ataque.

Os seguranças da prefeitura sabiam que haveria um protesto com ovos e prepararam guarda-chuvas para evitar a alvejada. Porém, tanto Doria como Neto foram atingidos.

Depois de se limpar, Doria repudiou o ataque e classificou de "intolerância do PT e dos partidos de esquerda".

"Não é esse o caminho que desejamos para o Brasil. Esse é o caminho do Lula, o caminho do PT, das esquerdas que querem isso. A intransigência, a agressividade e a tentativa de amedrontar. A mim não intimida", disse, em vídeo publicado nas redes sociais.

"Vão lá defender o Maduro e jogar ovo lá na Venezuela", acrescentou

O prefeito de Salvador chamou a manifestação de "ato de vandalismo". "Atitude de gente bandida, criminosa, que não tem nenhum apreço pela democracia. Nós sabemos a serviço de quem eles estão", disse, culpando o governador Rui Costa (PT), possível adversário nas eleições de 2018 ao governo baiano.

O título de cidadão soteropolitano a Doria foi proposto pelo vereador Felipe Lucas, do PMDB, partido aliado a ACM Neto na gestão municipal.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber