Mais lidas
Política

ATUALIZADA - Temer faz elogios a Doria em evento em SP

.

THAIS BILENKY

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em meio ao racha no PSDB quanto ao papel do partido no governo Michel Temer, o presidente elogiou o que considera ser uma visão "nacional" e "conciliadora" do prefeito paulistano, João Doria (PSDB).

"Saio daqui mais animado ainda porque vejo aqui um parceiro, um companheiro, alguém que compreende como ninguém os problemas do país", disse Temer em discurso nesta segunda (7), em evento na Prefeitura de São Paulo.

Cotado para disputar o Planalto em 2018, Doria voltou a dizer que a permanência de Temer na Presidência é positiva para a economia. Disse que os quatro ministros tucanos "podem perfeitamente continuar o seu trabalho onde estão".

"Sempre a sua alma e a sua índole foram de conciliação. A minha também", afirmou o prefeito ao presidente durante a cerimônia. "Isso não nos tira do campo da defesa de princípios e da firmeza de posições, de caráter, de postura e de biografias." Temer retribuiu. "João Doria, meu velho amigo", disse, ao que o prefeito sorriu assentindo com a cabeça.

"Jamais o vi dividindo pessoas. Ao contrário, sempre agregou", afirmou o presidente, que criticou o "emocionalismo" no país. "É inadmissível brasileiros jogando contra brasileiros. A história do nós contra eles não pode prevalecer."

Com a impopularidade nas alturas, Temer foi alvo de protesto do lado de fora da prefeitura. Os manifestantes, alguns com bandeiras da CUT (Central Única dos Trabalhadores), ligada ao PT, também criticaram Doria. O presidente não deu entrevista após o evento.

A agenda divulgada por Doria incluiu o governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) no evento com Temer, apesar de o governador ter avisado na semana passada que não compareceria.

Após a vitória de Doria no primeiro turno, Alckmin fez frequentes aparições ao lado do prefeito. Mas, em meio às especulações sobre as pretensões nacionais do prefeito, mudou de postura. O governador também tem se mantido mais distante de Temer que o correligionário.

O prefeito, na cerimônia, agradeceu ao secretário da Casa Civil de Alckmin, Samuel Moreira, por ser o "baluarte" da "relação estável" entre Estado e prefeitura. Moreira representou o governo paulista no evento. Doria disse que a relação com Alckmin "continua e continuará sendo muito boa sempre".

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber