Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Política

Cabral nega propina de Eike, diz que recebeu caixa dois e pede acareação

.

ITALO NOGUEIRA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) negou em depoimento ter recebido propina do empresário Eike Batista. Ele afirmou que recebeu contribuição eleitoral via caixa dois do chefe do grupo EBX.

O peemedebista voltou a negar ter mantido contas no exterior em nome dos irmãos Renato e Marcelo Chebar. De acordo com denúncia do Ministério Público Federal, Eike pagou US$ 16,5 milhões num banco no Panamá, e depois transferidos para o Uruguai.

"Eu recebi esses recursos na campanha de 2010. Eu não sei qual foi o modus operandis dele para receber", afirmou ao juiz Marcelo Bretas.

Num longo depoimento de duas horas, Cabral voltou a defender seu governo, atacar delatores do esquema e pediu acareação com os doleiros que lhe atribuíram US$ 100 milhões no exterior.

'OLHO NO OLHO

"Quero ver se eles têm coragem de falar, olho no olho, que essas contas eram minhas", disse Cabral.

O ex-governador afirmou que pediu em 2010 recursos para a campanha eleitoral. De acordo com o relato, o empresário disse que o repasse deveria ocorrer via caixa dois. E Flávio Godinho, ex-braço-direito de Eike, pediu que a transferência ocorresse no exterior.

Segundo Cabral, ele indicou os irmãos Chebar para receberem os recursos. Mas, segundo o ex-governador, não participou do recebimento dos recursos.

O peemedebista disse mais uma vez que se apropriou de sobras de caixa dois de campanha. Mas, pela primeira vez, disse: "a quase totalidade do caixa dois foi gasta na política, não para me enriquecer".

O peemedebista não foi questionado sobre empréstimos de jatos por Eike. Em seu depoimento, o empresário disse ser difícil dizer "não" a um governador.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Política

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber