Mais lidas
Política

PT deve manter candidatura de Lula, diz Tarso

.

CATIA SEABRA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-ministro Tarso Genro afirmou nesta segunda-feira (12) que o PT deve manter a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto.

Segundo ele, "a decisão (condenação a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro) não enfraquece Lula, pois ela é produto de uma polarização já fixada".

"O PT deve mantê-lo como candidato, pois ele é a única liderança, com apelo popular e capacidade política, para encaminhar uma saída não violenta para a crise", disse.

Ainda segundo Tarso, a condenação já era esperada. "As frequentes manifestações de Moro sobre os processos contra Lula, a sua divulgação de gravações ilegais e a condução coercitiva espetacularizada de Lula, demonstram que Moro, desde o início, estava destinado a condenar Lula. Compôs uma situação política, em torno dos processos, que não lhe permitia recuar, com ou sem provas. E assim o fez: condenou-o sem provas. Vai passar para a história, esta sentença, como uma sentença injusta e ofensiva do Estado de Direito", criticou.

Lula não será preso -pelo entendimento do Supremo, só começará a cumprir a pena se a segunda instância ratificar a decisão. Ele poderá recorrer em liberdade ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre.

Se a confirmação da sentença na segunda instância não acontecer antes da eleição de outubro de 2018, ele não será enquadrado na Lei da Ficha Limpa e poderá ser candidato.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber