Mais lidas
Política

ATUALIZADA - Relator pede aprovação de Raquel Dodge para PGR

.

TALITA FERNANDES

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O senador Roberto Rocha (PSB-MA) leu nesta quarta-feira (5) um parecer em que afirma que Raquel Dodge preenche os requisitos para ocupar o cargo de procuradora-geral da República.

O relator apresentou o documento sobre a indicação de Dodge para a PGR (Procuradoria-geral da República) durante sessão da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Ao final, o presidente da comissão, Edison Lobão (PMDB-MA), concedeu vista coletiva para os parlamentares, ou seja, prazo para que eles analisem o relatório apresentado.

Com isso, o colegiado prevê para a próxima quarta-feira (12) a realização da sabatina de Dodge e, na sequência, a votação de seu nome para o cargo hoje ocupado por Rodrigo Janot.

Pelos planos do governo, após a apreciação da indicação de Dodge pela CCJ, o plenário do Senado deve votar o nome da candidata à PGR ainda na próxima quarta.

Um indicativo de que o nome de Dodge não deve enfrentar dificuldades para a aprovação foi o clima da CCJ enquanto o parecer sobre ela era lido.

Praticamente nenhum senador da oposição esteve presente à sessão e não foram feitos questionamentos.

Ao fim da sessão, Rocha reconheceu que a procuradora deve ser aprovada com tranquilidade. "Ela expõe um excelente currículo", disse, acrescentando que a indicada reúne elogios da força-tarefa da Lava Jato.

Questionado sobre se o fato de Dodge ser de uma linha oposta à de Janot pode gerar questionamentos do Senado, Rocha diz que não. "Se ela se posiciona diferente do atual procurador isso possa ser um bom problema para o país experimentar posicionamentos diferentes na procuradoria."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber