Mais lidas
Política

Avião com cocaína não decolou da fazenda de ministro, diz PF

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Federal em Goiânia informou ao UOL nesta terça (27) que o piloto da aeronave interceptada no domingo (25) pela FAB (Força Aérea Brasileira) com cerca de 600 kg de cocaína apresentou um plano de voo falso. Segundo a PF, o GPS do avião mostra que o aparelho decolou da Bolívia, e não de Campo Novo do Parecis (MT), onde fica uma propriedade ligada ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

Inicialmente, o piloto afirmou que o avião havia decolado da fazenda Itamarati Norte com destino a Santo Antônio do Leverger (MT). A Itamarati Norte é arrendada pelo Grupo Amaggi, que pertence à família do ministro.

Segundo a PF disse ao UOL, o piloto e o copiloto admitiram que fizeram um plano de voo falso para ludibriar uma possível fiscalização.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber