Mais lidas
Política

Justiça bloqueia R$ 800 milhões de Joesley Batista

.

SÓ PODE SER PUBLICADO COM ASSINATURA

MÔNICA BERGAMO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Justiça Federal de São Paulo concedeu uma liminar ordenando o bloqueio de R$ 800 milhões das contas bancárias de Joesley Batista, da JBS.

A determinação foi uma resposta a ação popular movida pelo advogado Hugo Flizer Chaves Neto, que solicitou a medida para que o patrimônio seja preservado, servindo, no futuro, para ressarcir os cofres públicos por prejuízos causados ao erário.

A JBS é investigada por supostas operações irregulares com o câmbio na véspera do vazamento do conteúdo da delação premiada que firmou com a Procuradoria-Geral da República.

O bloqueio atinge a JBS S/A, a J&F Participações Ltda., os irmãos Joesley e Wesley Batista, acionistas majoritários das empresas, e os executivos Francisco de Assis e Silva, Jeremiah Alphonsus Callaghan e Eliseo Santiago Perez Fernandez.

Um ofício foi expedido pela 5ª Vara Cível de São Paulo afirmando que, "em cumprimento à determinação judicial ", as contas devem ser bloqueadas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber