Mais lidas
Política

ATUALIZADA - Temer vai ao Nordeste para visitar áreas atingidas por fortes chuvas

.

PETRÔNIO VIANA

MACEIÓ, AL (FOLHAPRESS) - O presidente Michel Temer viajou neste domingo (28) ao Nordeste para visitar Estados atingidos pelas chuvas. Alagoas e Pernambuco são os que mais tiveram prejuízos. Ao menos seis mortes já foram confirmadas nos Estados.

A viagem ocorre no momento de grave crise governamental, que ameaça a permanência de Temer no cargo, cujo estopim envolve a delação premiada da JBS, dos irmãos Wesley e Joesley Batista, à Procuradoria-Geral da República.

A primeira cidade visitada pelo peemedebista foi Maceió. Temer chegou à capital alagoana por volta das 18h acompanhado do novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, e dos ministros Marx Beltrão (Turismo) e Hélder Barbalho (Integração Nacional).

Também estavam na comitiva presidencial o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB).

No 59º Batalhão de Infantaria Motorizada do Exército, o presidente ouviu os relatos do governador Renan Filho (PMDB), de prefeitos dos municípios atingidos pelas chuvas e de técnicos da Defesa Civil Estadual.

Temer prometeu a liberação de recursos para o Estado a partir de um decreto de emergência. No entanto, ele não falou sobre valores. "Será preciso verificar os danos e o que será preciso fazer, mas logo teremos resposta para isso."

O presidente afirmou que técnicos do Ministério da Integração e da Defesa Civil Nacional já estão atuando ao lado dos órgãos estaduais no auxílio às vítimas e na avaliação dos danos nos municípios.

"Essas pessoas já estão colaborando com os municípios para iniciar logo a reconstrução do que foi destruído, tanto no plano humano quanto no plano material", disse Temer.

"Dois fatores se apresentaram aqui. Em primeiro lugar, nós precisamos recuperar logo os danos provocados pelas chuvas. E, mais adiante, precisamos de obras indispensáveis que sejam preventivas", completou o presidente.

O peemedebista não respondeu perguntas sobre a mudança no Ministério da Justiça nem comentou assuntos relacionados à crise. Após a visita a Maceió, o presidente Michel Temer seguiu para o Estado de Pernambuco.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber