Mais lidas
Política

STF deve julgar habeas corpus de Renato Duque na próxima terça

.

LETÍCIA CASADO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), pautou para a próxima terça (30) pedido de habeas corpus do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque.

A defesa de Duque requer a extensão do habeas corpus concedido ao petista José Dirceu no começo de maio.

O caso está com Toffoli porque ele assumiu a relatoria dos pedidos decorrentes da decisão relativa a Dirceu por ter proferido o voto vencedor durante o julgamento do petista.

O relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, foi voto vencido na ocasião.

Duque foi preso pela segunda vez em março de 2015, durante a 10ª fase da Operação Lava Jato intitulada "Que país é esse" sob a justificativa de que estaria movimentando contas no exterior.

Em abril de 2016, foi condenado em segunda instância.

Os empresários Flavio Henrique de Oliveira Macedo e Eduardo Meira, sócios da Construtora Credencial, alvo da 30.ª fase da Lava Jato, também terão pedido de extensão do HC de Dirceu analisado na próxima terça (30).

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber