Mais lidas
Política

Instituto nega ter recebido propina e fraudado notas

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ibope Inteligência afirmou que "nunca emitiu notas falsas, nem recebeu qualquer tipo de propina das empresas do grupo JBS ou de qualquer outra empresa".

Em nota, a instituição diz ter recebido R$ 2,8 milhões do grupo JBS, sendo R$ 1,4 milhão para pesquisas eleitorais em Campo Grande (2012), Alagoas, Goiás e Rio Grande do Norte (2014).

O R$ 1,4 milhão restante refere-se a pesquisas de mercado para as empresas do grupo JBS, diz o Ibope.

A assessoria do senador Renan Calheiros afirmou que o Ibope foi contratado pelo PMDB de Alagoas e foi pago com dinheiro do partido, como declarado na prestação de contas aprovada pela Justiça Eleitoral.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber