Mais lidas
Política

ATUALIZADA - Rocha Loures devolve mala faltando R$ 35 mil da propina

.

LETÍCIA CASADO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A mala de dinheiro que estava em poder do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) foi entregue para a Polícia Federal sem o valor total do dinheiro supostamente pago pela JBS.

Um dos auxiliares mais próximos do presidente Michel Temer, Rocha Loures foi acusado por Joesley Batista de ter recebido R$ 500 mil de propina.

Os advogados do político devolveram a bagagem à superintendência da Polícia Federal em São Paulo na noite desta segunda (22).

No entanto, documento da PF informa que havia 9.300 cédulas de R$ 50 em uma mala "de cor predominantemente preta", no valor total de R$ 465 mil.

Ou seja, faltam R$ 35 mil do total entregue e relatado pelos delatores.

Joesley disse que Rocha Loures foi indicado pelo presidente para tratar de assuntos de interesse da JBS.

Temer é investigado junto com Rocha Loures em inquérito aberto pelo ministro Edson Fachin no STF (Supremo Tribunal Federal).

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) também é alvo do inquérito, que apura se eles cometeram crimes de corrupção passiva, embaraço à investigação da Lava Jato e organização criminosa.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber