Mais lidas
Política

"A chuva atrapalhou muito", diz presidente da CUT sobre ato na Paulista

.

ARTUR RODRIGUES, DIANA LOTT E THAÍSA OLIVEIRA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente da CUT, Vagner Freitas, afirmou que a chuva atrapalhou o protesto na avenida Paulista. "A chuva atrapalhou muito, mas milhares de pessoas no Brasil inteiro se manifestando e deixando claro a reivindicação. Não é só o fora Temer, é Diretas Já e a retirada das propostas de reformas", disse.

Ele afirmou que os partidos que não abandonaram a base de Temer devem fazer não pelo tamanho de manifestações, mas porque produzem pesquisas que mostram a rejeição do presidente. "Os partidos sairão [do governo] sairão porque sabem Temer é um defunto ruim e ninguém morre abraçado com defunto ruim".

Ele afirma que o movimento sindical pode acampar em Brasília até a queda de Temer e que deve haver grande mobilização na quarta-feira (24).

HUMBERTO COSTA

O senador Humberto Costa (PT) avalia que a participação do ato na avenida Paulista neste domingo (21) foi boa. "Claro que a chuva atrapalhou, como em outros lugares do Brasil", disse.

Para o senador, a quantidade de pessoas presentes "está muito distante do que é o sentimento da população brasileira".

Segundo Costa, "mais de 90% querem a saída de Michel Temer e a convocação de eleições diretas".

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber