Mais lidas
Política

No Rio, ato contra Pezão incorpora 'fora, Temer'

.

ITALO NOGUEIRA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - No Rio, um protesto organizado contra o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) acabou virando plataforma para o pedido de impeachment de Temer. Convocado pelo Muspe (Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais), cerca de cem manifestantes se reuniram na praia de Copacabana.

Uma faixa de dez metros foi estendida no asfalto para que as pessoas escrevessem suas mensagens. Temer foi alvo de algumas delas –assim como Pezão, o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo.

MAIA

Um grupo de dezenas de manifestantes quer ir até a casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na zona sul. Ele é o primeiro na linha sucessória da Presidência e coordenadores já afirmaram que caso assuma, devem continuar as mobilizações.

Marcada para as 14h, o público ainda era pequeno por volta das 16h.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber