Mais lidas
Política

Brasília tem protesto com 250 pessoas

.

ANGELA BOLDRINI E LUCAS VETTORAZZO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Um grupo de cerca de 250 pessoas se reuniu em Brasília, segundo estimativa da Polícia Militar, para protestar contra o governo de Michel Temer (PMDB) na manhã deste domingo (21).

Boa parte do público era composta por membros de sindicatos e centrais como CUT (Central Única dos Trabalhadores). Também estavam presentes movimentos como o Levante Popular da Juventude e militantes de partidos como PT e PC do B. O protesto foi organizado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

A manifestação aconteceu em frente à Biblioteca Nacional, na região central, a poucos metros do início da Esplanada dos Ministérios e foi encerrada às 12h30, Os organizadores convocaram os manifestantes para o protesto marcado para a quarta-feira (24).

INSUSTENTÁVEL

A professora aposentada Claudia Lelis, 52, participava da manifestação em Brasília, na manhã deste domingo (21). Ela afirma ter ido ao protesto em Brasília de forma espontânea por acreditar que o governo, com qual ela já não concordava, chegou a um ponto insustentável.

Ela diz estar cética neste momento com uma mudança profunda das relações políticas e teme eleições indiretas.

"Querem colocar o [Henrique] Meirelles, que é um desses representantes dessa forma arcaica de fazer política. Não vai mudar nada. As reformas que retiram direitos do trabalhador vão continuar e não vão estancar a sangria do dinheiro público".

A educadora também diz não se agarrar a possibilidade eleições diretas, justamente por temer que o país eleja um aventureiro. "Vivemos o perigo de eleger um Bolsonaro. Realmente não tenho clareza do que vai acontecer".

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber