Mais lidas
Política

Agência lamenta decisão do BB de revogar licitação antecipada pela Folha de S.Paulo

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A agência de publicidade Multi Solution emitiu comunicado, nesta segunda (15), no qual diz que "lamenta a decisão do Banco do Brasil de revogar o processo licitatório para contração das agências de propaganda" cujo resultado foi antecipado pela Folha de S.Paulo.

A empresa, que foi classificada em primeiro lugar, diz que "tomará as medidas cabíveis" para entender o que levou à revogação do procedimento e diz que "nunca teve sua idoneidade questionada, nem esteve envolvida em qualquer projeto, concorrência pública ou privada" que desabonasse sua imagem.

A Folha de S.Paulo recebeu a informação de que a Multi Solution estaria entre as empresas classificadas na licitação do Banco do Brasil e publicou o resultado antecipadamente. O jornal registrou o dado em cartório quatro dias antes da abertura dos envelopes que trariam o resultado oficial e imprimiu anúncio cifrado na seção de classificados do caderno Sobre Tudo, da Folha de S.Paulo, no dia 23 de abril.

Dias depois, a Folha de S.Paulo revelou que a empresa foi menos penalizada pela subcomissão de licitação que deu nota a cada uma das concorrentes do certame.

Em seu texto, a empresa se apoia em nota veiculada semana passada pelo BB, ao anunciar a revogação da licitação. "O Banco do Brasil reconheceu, em comunicado oficial emitido na última sexta, dia 12, que, ao contrário do que foi veiculado na imprensa, não houve nenhuma comprovação de vazamento ou favorecimento", diz a agência que é presidida por Pedro Queirolo.

"A Multi Solution cumpriu todos os parâmetros legais e rigorosos critérios técnicos exigidos pelo edital de licitação do Banco do Brasil e recebeu a maior pontuação entre as quatorze propostas apresentadas, garantindo o primeiro lugar entre as agências selecionadas", afirma.

Leia abaixo a íntegra do comunicado da empresa.

"COMUNICADO DA MULTI SOLUTION SOBRE LICITAÇÃO DO BANCO DO BRASIL

A Multi Solution esclarece:

1. Ao longo de seus vinte anos de experiência, a agência é reconhecida por seu elevado grau de excelência técnica e por construir grandes cases na área privada com solidez, transparência e compromisso ético, mantendo-se nas principais posições do ranking das maiores agências do país.

2. A Multi Solution foi surpreendida com as notícias veiculadas sobre um suposto vazamento de informações do processo licitatório conduzido pelo Banco do Brasil. A agência afirma que nunca teve a sua idoneidade questionada, nem esteve envolvida em qualquer projeto, concorrência pública ou privada que desabonasse sua imagem.

3. O Banco do Brasil reconheceu, em comunicado oficial emitido na última sexta-feira, dia 12 que, ao contrário do que foi veiculado na imprensa, não houve nenhuma comprovação de vazamento ou favorecimento.

4. A Multi Solution cumpriu todos os parâmetros legais e rigorosos critérios técnicos exigidos pelo edital de licitação do Banco do Brasil e recebeu a maior pontuação entre as quatorze propostas apresentadas, garantindo o primeiro lugar entre as agências selecionadas para dar continuidade ao certame.

5. Apesar de não ter sido constatada qualquer ilegalidade, o Banco do Brasil optou por revogar a licitação, alegando em seu comunicado oficial que: 'as investigações identificaram evidências de conflito de interesse não declaradas previamente à comissão por um dos integrantes indicados por órgão externo para compor a subcomissão técnica, apesar de todos integrantes da subcomissão terem assinado declaração de inexistência de conflito de interesse'.

6. Neste cenário, a Multi Solution lamenta a decisão do Banco do Brasil de revogar o processo licitatório para contratação das agências de propaganda e tomará medidas cabíveis para entender qual o conflito de interesse que justificou a revogação e que não foi esclarecido.

A Multi Solution reafirma perante o mercado, seus clientes, colaboradores e fornecedores, o seu total e irrestrito compromisso com seus valores: ética, transparência, respeito, competência e inovação."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber