Política

Ministério diz que vai averiguar ataques a 'supostos indígenas' no MA

.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Ministério da Justiça informou que vai apurar o episódio no Maranhão que deixou, segundo o Cimi (Conselho Indigenista Missionário), ao menos 13 indígenas do povo Gamela feridos, sendo três em estado grave.

Em nota, a pasta disse que "está averiguando o ocorrido envolvendo pequenos agricultores e supostos indígenas". Minutos depois, o texto foi editado e a palavra "supostos", retirada.

Segundo a assessoria, o ministro Osmar Serraglio determinou o envio de uma equipe da Polícia Federal para o local "para evitar mais conflitos" e "ofereceu apoio" à Secretaria de Segurança Pública do Maranhão

De acordo com o Cimi, um dos machucados teve as mãos decepadas.

O território reivindicado pelo povo Gamela não foi demarcado pela Funai (Fundação Nacional do Índio).

O grupo já havia sofrido outros dois ataques, em 2015 e 2016.