Mais lidas
Política

PSOL quer abrir CPI para investigar propina a conselheiros do TCE

.

GABRIELA SÁ PESSOA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado Carlos Giannazi (PSOL) começou, nesta segunda (13), a recolher assinaturas de seus colegas na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) para instaurar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que deverá apurar o pagamento de propinas a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A Folha de S.Paulo revelou no domingo (12) que executivos da Andrade subornavam membros do tribunal para que não apontassem problemas em licitações e contratos de obras no Estado de São Paulo -sobretudo, em acordos que envolvem a construção do Metrô.

Considerado um órgão auxiliar da Assembleia, o TCE é responsável por decidir se as licitações e contratos do governo paulista são regulares ou não.

Giannazi afirma que precisa de mais 32 assinaturas para protocolar o pedido à Casa. O parlamentar diz querer convocar para esclarecimentos todos os conselheiros citados pela reportagem e os técnicos do tribunal.

Segundo o deputado do PSOL, há casos em que técnicos apontam irregularidades nos contratos, mas os conselheiros desconsideram essas observações.

Na última quinta (9), o partido apresentou um pedido de CPI na Alesp para investigar suspeitas de desvios na Dersa, estatal paulista responsável por grandes obras como as do Rodoanel e da marginal Tietê.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber