Mais lidas
Política

Governo cede a gabinete de Moreira mesa histórica de JK

.

GUSTAVO URIBE

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O governo autorizou o deslocamento para o gabinete do ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco, de uma mesa de jacarandá usada por Juscelino Kubitschek (1956-1961) e que compõe o acervo histórico do Palácio do Planalto.

Projetada pelos arquitetos Oscar e Anna Maria Niemeyer, a peça de madeira passou por restaurações ao longo dos últimos 60 anos e a sua utilização é vista com ressalvas pela possibilidade de danos ao material.

Segundo o Planalto, a mesa, que foi usada no gabinete presidencial até o governo do general Emílio Médici (1969-1974), está "em perfeita condição de uso" e foi disponibilizada por determinação de Temer de "colocar em uso os móveis históricos da Presidência".

O ex-curador da Presidência Rogério Carvalho, no entanto, discorda. Segundo ele, a utilização coloca em situação de risco a lâmina que reveste o tampo, a qual está "no limite possível de restauração".

"A próxima restauração não pode acontecer sem tirar a laminação, que faz parte da história da mesa. A mesa foi do Juscelino Kubitschek e não cabe ser usada por um ministro", disse.

A mesa utilizada por Moreira Franco tem uma gêmea, que está no acervo presidencial e será restaurada. Segundo o ex-curador, ambas eram expostas com isolamento no governo de Dilma Rousseff no salão nobre do segundo andar do Palácio do Planalto.

"O fato de elas terem sido expostas foi para que estivessem protegidas, já que tinham isolamento para evitar que fossem utilizadas", disse.

O governo peemedebista, contudo, afirma que elas estavam há anos no acervo técnico e que não estavam expostas.

Nesta sexta-feira (10), Moreira Franco se pronunciou nas redes sociais sobre a presença do objeto de madeira no gabinete ministerial. "Soube que a mesa de trabalho que uso na Presidência serviu ao presidente JK. Que nos inspire a colocar o Brasil nos trilhos", disse.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber