Mais lidas
Política

Sob pressão, Temer deve trocar Moura por Aguinaldo na liderança

.

GUSTAVO URIBE E DANIEL CARVALHO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Sob pressão de Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente Michel Temer deve anunciar até esta sexta-feira (24) o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP- PB) como novo líder do governo na Câmara dos Deputados.

Desde sua reeleição ao comando da Câmara dos Deputados, Maia vinha pressionando o peemedebista pela saída de André Moura (PSC-SE), que fez campanha pela eleição de Jovair Arantes (PTB-GO).

Na tentativa de não se indispor com aliados de Eduardo Cunha, que defendiam a manutenção de Moura, o presidente chegou a definir sua permanência no cargo, mas recuou com a insatisfação de partidos como PP e DEM.

Segundo um auxiliar presidencial, o anúncio de Aguinaldo deve ser feito em conjunto com o de Osmar Serraglio (PMDB-PR) para o comando do Ministério da Justiça.

O objetivo é, assim, reduzir o desgaste com a bancada do PMDB na Câmara dos Deputados, que nos bastidores defendia a manutenção de Moura no posto de líder do governo.

A escolha de Serraglio contempla a demanda da bancada do PMDB na Câmara dos Deputados, que vinha pleiteando mais espaço no governo federal.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber