Mais lidas
Política

TRE cassa mandato de Pezão e determina eleição direta

.

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Rio decidiu nesta quinta-feira (8) pela cassação do mandato do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e do vice-governador Francisco Dornelles (PP), e determinou a realização de eleições diretas no Estado.

A decisão, contudo, só tem efeito prático quando transitado em julgado. O governador afirmou que vai interpor recurso à decisão.

A chapa foi condenada por abuso de poder econômico e político. De acordo com o TRE, "o governo do Rio concedeu benefícios financeiros a empresas como contrapartida a posteriores doações para a campanha do então candidato Pezão e de seu vice".

"Restou comprovado que contratos administrativos milionários foram celebrados em troca de doação de campanha", afirmou um dos membros da Corte, desembargador eleitoral Marco Couto, em seu voto.

A decisão também torna Pezão e Dornelles inelegíveis por oito anos.

"Quando for publicada a decisão, o governador Luiz Fernando Pezão e o vice-governador Francisco Dornelles vão entrar com recurso no Tribunal Superior Eleitoral", afirmou o governo em nota.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber