Mais lidas
Política

Governador do ES inicia conversas para deixar o PMDB

.

DANIELA LIMA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), abriu conversas com outras siglas para mudar de partido. As negociações têm passado pela cúpula do PSDB, legenda com a qual o governador tem proximidade.

Dirigentes tucanos afirmam, porém, que a filiação de Hartung à legenda seria complicada, já que o vice dele, César Colnago, é filiado ao PSDB, assim como o senador Ricardo Ferraço. Ambos despontam como possíveis sucessores de Hartung no governo.

Nesse cenário, ter os três principais nomes da ala de Hartung filiados ao mesmo partido poderia dificultar as negociações com outras legendas para formar uma aliança em torno da candidatura ao comando do Estado em 2018.

O próprio governador admitiu a possibilidade de mudar de partido em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo". Hartung está internado no hospital Sírio-Libanês desde o último domingo (5) para a retirada de um tumor na bexiga.

Segundo a reportagem apurou com pessoas que estão participando das conversas com o governador, o PSD poderia ser uma opção para ele. O partido, comandado pelo Gilberto Kassab (Comunicações), tem atuado de maneira afinada com os tucanos e o governo Michel Temer, em Brasília.

As discussões sobre o destino de Hartung têm sido acompanhadas de perto pelo PSDB, já levando em conta a formação de uma chapa para a sucessão do governador em 2018. Ele tem sinalizado que pretende concorrer ao Senado.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber