Política

Temer vai a São Paulo para fazer visita de solidariedade a Lula

.

DANIELA LIMA

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Michel Temer decidiu viajar a São Paulo, na noite desta quinta-feira (2), para fazer uma visita e prestar solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A mulher do petista, Marisa Letícia, não tem mais fluxo cerebral. A família já autorizou o início dos procedimentos para a doação de órgãos.

O presidente não fará a visita sozinho. Outros ministros devem acompanhá-lo. O chanceler José Serra, por exemplo, também está a caminho de São Paulo.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso teve o mesmo gesto, ainda na tarde desta quinta-feira. Ele esteve com Lula em uma sala reservada do hospital onde Marisa está internada.

O médico da família Lula, Roberto Kalil Filho, disse nesta quinta, após a retirada dos aparelhos que mantinham em atividade os órgãos vitais de Marisa, que "agora é o tempo dele". Foi uma alusão ao tempo necessário para que o coração, ainda em funcionamento, pare de bater. "Tenho toda a paciência do mundo", respondeu o ex-presidente.

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) antecipou seu retorno da Europa, onde participou de uma série de palestras e eventos, diante da situação de Marisa.

Dilma estava em Paris nesta quinta-feira (2) quando foi avisada sobre o quadro da mulher do ex-presidente e decidiu embarcar para o Brasil ainda na noite desta quinta para prestar solidariedade a seu antecessor e padrinho político.

A petista deve chegar a São Paulo na manhã desta sexta (3).