Política

ATUALIZADA - Marisa Letícia tem piora, e quadro é considerado 'irreversível'

.

SÓ PODE SER PUBLICADO COM ASSINATURA

MÔNICA BERGAMO E CÁTIA SEABRA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ex-primeira-dama Marisa Letícia, 66, teve uma piora drástica do quadro de saúde nesta quarta-feira (1º).

Segundo uma das pessoas mais próximas da família de Lula, houve aumento da pressão cerebral de Marisa e também do edema cerebral que ela tem em decorrência do derrame hemorrágico que sofreu há uma semana.

O médico da família, o cardiologista Roberto Kalil Filho, disse à noite a jornalistas que o quadro da ex-primeira-dama é "irreversível".

Boletim médico divulgado nesta (2) quinta pelo Hospital Sírio Libanês informou que exame identificou ausência de fluxo cerebral em Marisa. Diante do resultado, foram iniciados procedimentos de doação de órgãos, com autorização da família.

Marisa Letícia está internada desde o dia 24, quando sofreu um acidente vascular cerebral. Na segunda (30), exame detectou a ocorrência "de trombose venosa profunda dos membros inferiores", caracterizada por um quadro de edemas e dor nas pernas, coxas e região pélvica. Médicos afirmaram que essa é uma intercorrência inerente ao tratamento.

Boletim divulgado na tarde de quarta informava que o quadro clínico estava estável e que ela continuava sendo monitorada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).