Mais lidas
Política

Massoterapeuta e mãe são outras vítimas de acidente que matou Teori

.

ELIANE TRINDADE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Grupo Emiliano, proprietário do avião que caiu em Paraty causando a morte do ministro do STF Teori Zavascki e mais quatro pessoas na quinta (19), informou o nome de duas passageiras que ainda não haviam sido identificadas.

Segundo a nota divulgada, elas eram "Maira Ilda, 23, e a mãe dela, Maria Ilda, 55". A reportagem apurou que se trata de Maíra Panas e Maria Hilda Panas.

"Maira era massoterapeuta e prestava serviço a Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, que passava por tratamento no ciático", informa a nota do grupo. "Maria Ilda, professora da rede infantil de ensino, veio de Juína, em Mato Grosso, visitar a filha, que morava em São Paulo."

De acordo com o comunicado, Filgueiras, o dono do grupo que também morreu no acidente, convidou as duas para um fim de semana em Paraty.

"O Grupo Emiliano registra seus sentimentos e condolências para a família e amigos. E informa que está prestando apoio e informações aos familiares."

Uma amiga de Maíra informou que a jovem era amiga do empresário, que a teria presenteado com a viagem. "Ela estava planejando essa viagem há muito tempo, disse que enviaria uma mensagem quando chegasse no local, ficamos esperando", disse a amiga.

De acordo com ela, a garota cursava fisioterapia e estava estagiando como massoterapeuta em uma empresa que prestava serviços em hotéis e domicílios.

Vítimas do acidente

No perfil de Maíra Panas no Facebook, amigos e familiares mandam mensagens de pesar. Uma delas era Rose Panas, sobre a irmã e a sobrinha. "Triste Realidade. Coração Partido".

Amigos tentavam obter mais informações sobre a tragédia: "Era Maíra que estava no avião", indagava um, enquanto outro respondia. "E verdade mesmo".

O último post na página de Maíra é datado das 0h46 de quinta, em que ela diz se sentir revoltada por ter tido uma sacola de roupas roubada:

"1 - Acredite; o mesmo bandido que Rouba um banco de um político... Vai roubar 20 reais da pessoa que mais o ajudou por # necessidade #

2- São os Machinhos da quebrada... Os pica traficantes.. e dão uma de moralistas.. Pois tadinhos são apenas vítimas da Sociedade injusta e cruel e precisam se rebelar com ideologias furadas e dramáticas

3 - E aí o mesmo naipe de gente, ontem, me rouba uma sacola de roupas e pertences que tinha acabado de comprar. Blz. Que faça uso.

Mas me deu tanta raiva destes miseráveis,quanto seria se tivessem me roubado um carro. Porque estes filhas da puta, lixos, e covardes que não querem trabalhar nem estudar... tiram de quem trabalha e estuda.

E o pior se orgulham do que fazem. Batem no peito. E se vão preso cobram direitos do governo por humilhação. E são protegidos por filhos e pais. Estes mesmos continuarão pobres e ignorantes o resto da vida pastando na lama em que vivem, pois nada que se constrói sobre base destrutiva te dará alguma recompensa. O que vem fácil vai fácil. Lei da vida."

A jovem aparece em várias fotos posadas, com cabelos pintados de vermelho e em imagens em que aparece com o corpo todo tatuado e também dançando. Além de fotos de balé, há imagens dela se exercitando em um pole dance.

Na página da Maria Hilda Panas constam poucas informações pessoais. Diz penas que ela estudou na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), é solteira, de Guarapuava (PR) e vive em Juína.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber