Política

Após impugnação de eleito, Foz do Iguaçu escolhe prefeito interino

.

ESTELITA HASS CARAZZAI

CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - Após a prisão de vereadores, prefeito e da impugnação do candidato eleito em outubro, Foz do Iguaçu tem um novo mandatário -ao menos, interino.

A vereadora Inês da Saúde (PSD) foi eleita presidente da Câmara neste domingo (1º) e deve assumir a prefeitura a partir de amanhã.

A cidade de Foz terá que fazer novas eleições, depois que a candidatura de Paulo MacDonald (PDT), vitorioso no pleito de outubro, foi impugnada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A eleição de Inês foi decidida por nove votos -dos 15 vereadores eleitos, cinco ainda estão presos, suspeitos de corrupção. Apenas um vereador, Nanci Rafain (PDT), votou em branco neste domingo.

"Vou trabalhar com todas as minhas forças para reconstruir a cidade", declarou a nova prefeita interina. "Meu coração se entristece com a situação e, em parte, se alegra."

A eleição representa uma vitória de Chico Brasileiro (PSD), que ficou em segundo lugar na disputa de outubro e que articulou o consenso na eleição da chapa diretora da Câmara.

Ele deve ser candidato à prefeitura novamente neste ano.

As novas eleições em Foz ainda não têm data para ocorrer. A definição caberá ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral).