Política

Manifestantes pró-Lula fazem vigília em frente à casa do ex-presidente

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Cerca de 20 manifestantes fizeram uma vigília na madrugada desta segunda-feira (17) na casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo. O evento aconteceu após a divulgação de um boato na internet de que Lula será preso "a qualquer momento".

A mobilização foi feita em uma página do Facebook. Os mais de 2.500 usuários que manifestaram interesse no evento não compareceram à vigília.

Apoiadores do ex-presidente levaram balões brancos e bandeiras do PT e acenderam velas. A assessoria de imprensa de Lula não soube dizer se ele estava em casa durante a manifestação.

RUMORES

O "Blog da Cidadania" publicou um texto na sexta-feira (14) afirmando que, segundo uma "fonte segura", o ex-presidente poderia ser preso até mesmo nesta segunda (17). A informação causou alvoroço nas redes sociais.

LAVA JATO

Lula é réu em três ações da Operação Lava Jato -duas tramitam em Brasília e uma em Curitiba.

O ex-presidente é suspeito de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a contratação, pela Odebrecht, de uma empresa de Taiguara Rodrigues, parente do petista. Lula também é suspeito de tentar impedir a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró e de ter se beneficiado de obras de um apartamento no Guarujá (SP) em troca de apoio à empreiteira OAS.