Política

Presidente do PT em São Paulo diz que Moro 'tentou inflar manifestações'

.

THAIS ARBEX
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do PT de São Paulo, Emídio de Souza, afirmou que com a ação desta sexta (4) que o juiz Sérgio Moro "tentou inflar as manifestações do dia 13", contra o PT e a presidente Dilma Rousseff. "Mas o efeito será contrário. Vamos fazer manifestações maiores ainda", afirmou ao deixar a sede do PT, no centro de São Paulo.
De acordo com ele, Moro também tenta "constranger" a ministra Rosa Weber e o Supremo Tribunal Federal, que decidirá nos próximos dias de quem é a competência para investigar o ex-presidente Lula, do Ministério Público Federal ou do Ministério Público Estadual.
Ainda segundo Emídio, a Polícia Federal "deu uma resposta" à troca do ministro da Justiça.