Mais lidas
Política

Gaviões vai arrecadar alimento em protesto contra Capez

.

CAMILA MATTOSO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Gaviões da Fiel vai dar início a uma campanha para aumentar os protestos contra o presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Capez (PSDB), famoso inimigo das organizadas.
Com o slogan “Faça a sua vez, vamos suprir a merenda do investigado da vez”, a torcida pede doações de alimentos e promete fazer entregas em escolas da capital paulista.
A campanha faz referência ao fato de o deputado ser um dos investigados na Operação Alba Branca, que apura fraudes na compra de merendas das escolas estaduais de São Paulo.
“Queremos arrecadar alimentos para dar conta de suprir ao menos uma parte daquilo foi surrupiado. Esperamos muitas doações”, disse Fabricio Pouseu, tesoureiro da torcida, à reportagem.
As manifestações contra Capez começaram na semana passada, na Arena Corinthians, no jogo contra o Capivariano, pelo Paulista.
A Gaviões levou algumas faixas de protesto, entre elas uma que dizia: “Quem vai punir o ladrão de merenda?”.
Na partida contra o São Paulo, a cena se repetiu.
“Não há absolutamente nada político nisso. Não há lados ou interesses partidários nos nossos protestos. Os Gaviões sempre estiveram do lado do povo. Não somos massa de manobra de ninguém”, afirma Pouseu.
Em entrevista à Folha de S.Paulo, o deputado estadual afirmou que não responde por seus assessores, que estão sob investigação, e sinalizou que pode estar sendo vítima de uma armação.
SIGILO
Na segunda (15), o Tribunal de Justiça autorizou a abertura formal de uma investigação contra Capez, seus ex-assessores, dois integrantes do governo Geraldo Alckmin (PSDB) e membros da cooperativa Coaf, que está no centro das investigações.
Também foram quebrados os sigilos fiscal e bancário do presidente do Legislativo e dos demais investigados.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber