Mais lidas
Política

Justiça Federal nega pedido liberdade a lobistas da Zelotes

.

GABRIEL MASCARENHAS
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Justiça Federal em Brasília negou nesta sexta-feira (5) o pedido de liberdade feito pela defesa do lobista Mauro Marcondes e da mulher dele, Cristina Mautoni, acusados de integrarem um suposto esquema de pagamento de propina para aprovação de medidas provisórias, investigado pela Operação Zelotes.
Eles alegam problemas de saúde para deixarem a cadeia. Marcondes sofreria de hipertensão, insuficiência renal e precisaria de um marca passo. Já Cristina reafirmou estar sentindo dores nas pernas, consequências de uma cirurgia vascular.
O juiz Vallisney de Souza Oliveira determinou uma perícia, no próximo dia 11, para identificar se a mulher do lobista deve ser transferida para o regime de prisão domiciliar. Irá bater o martelo sobre a questão após receber o laudo médico.
No caso de Marcondes, o magistrado lembrou que já havia negado o pedido e que não reconsideraria a questão neste momento.
DEPOIMENTOS
Ao todo, seis testemunhas depuseram na ação penal nesta sexta (5). As audiências estão suspensas até o dia 16, quando o processo será retomado, com novas oitivas.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber